Translate

sexta-feira, 19 de fevereiro de 2016


Perdoe-me

Deixei na porta uma rosa vermelha,
A beleza dela a ti se assemelha.
Para despertar sua atenção, meu amor.
E acabar com a má impressão seja ela qual for.

Teus olhos azuis mudaram de direção,
não olham mais para mim, e nem encantam meu coração.
Me perdoe se eu lhe ofendi, por gesto, palavras ou ação,
A lição já aprendi, com a tua separação.

Volta! abre essa porta, me perdoe
Não aguento mais não.
Diga-me o que eu fiz, que eu não faço mais.
Eu quero continuar a ser feliz.

                            Francisco Gouveia.

Nenhum comentário:

Postar um comentário