Translate

sexta-feira, 29 de agosto de 2014


Cada manhã um novo dia, uma nova fantasia.
Um novo pensamento, mas o mesmo desejo: Você!
Você que anda na praia, parecendo uma onda balançando "pra lá e pra cá".
Desfila sob os olhares de milhares, que também tem o mesmo desejo,
de um corpo ou de um beijo;
De um abraço apertado, colado, sentindo teu coração e os teus olhos sorrindo.
Machucando, magoando corações... e parte balançando, 
Como se fosse uma barcaça saindo para dentro do mar.
E sumindo.
                                                              
                                                                                      Chico Gouveia

.


Deus criou a mulher no último dia da Criação, o sexto.
A uns 7 mil anos atrás. Um magnifico projeto
E não saiu da moda até hoje. 
Louvado seja Deus, pela benção!

quinta-feira, 28 de agosto de 2014


Me informa a forma de tuas formas.
O desenho de teu corpo.
As curvas...
A cor dos teus olhos, o gosto do teus lábios.
A medida do meu desejo tem que ser compatível
com o teu beijo.
Mande-me por e-mail um formulário em duas vias;
Para satisfazer a minha curiosidade e manter minha paixão em dia.

                                   Chico Gouveia

quarta-feira, 27 de agosto de 2014


Eu tenho o direito de aprender. Ter boa educação.
Tenho o direito de estudar.
Tenho  o direito de viver e brincar.
Tenho o direito de ser feliz.
Tenho o direito de ser Eu, e da vida ser aprendiz.
Direito de amar e ser amado.
Eu sou criança, de um novo dia a esperança.

                                                       Chico Gouveia

terça-feira, 26 de agosto de 2014


Os que tiveram no Paraíso falaram de você.
Falaram-me da traição e de tua astúcia.
Falaram-me da tua beleza cruel, leva ao Inferno prometendo o céu.

Os teu carinhos, tuas carícias ninguém pode suportar,
É uma mão no bolso do incauto outra em qualquer lugar.
Predadora é o que és, demônio em forma de mulher,

Serpente venenosa, caçadora de almas,
Destruidora de lares, tem os olhos felino, caçando por todos os  lugares.
Andas na sombras, preferes a escuridão
Para que a vítima não perceba a destruição.

                                   Chico Gouveia


segunda-feira, 25 de agosto de 2014


As noites são curtas. As cobertas são frias. A cama é vazia.
Dias longos. Cadê você?
Meu corpo queima em brasa, você era minha casa, o meu viver.
Meus lábios ressecam faltam os teus beijos...Cadê você?
Estou sem braços, falta-me os abraços, o calor que emana do teu corpo
é a energia que faz eu viver.
Não me deixe morrer de amor...Cadê você?

                                             Chico Gouveia 

sábado, 23 de agosto de 2014


Eu sem você, ando agora suspirando amor.
Razão não tem para você ficar sozinha.
Sei que andas preocupada, por não ser mulher amada.
Mas se quiser eu vou, eu volto.
Esqueço do passado, os motivos que causei para ser abandonado.
Me perdoa e nunca mais saiu do seu lado.

                                                                  Chico Gouveia          

quinta-feira, 21 de agosto de 2014


Ela me chama pelo nome, engrossa a voz igual a um homem.
Diz que sou peludo pareço o lobisomem.
Gosta de sorrir e brincar, gosta de abraço;
Gosta de beijar.
Deita na minha cama, veste o meu pijama.
Quer me amar, se insinua com lingerie transparente,
Se esfrega e mim, me crava os dentes.
Não tem mais jeito, com os lábios viajo pelo seu corpo,
Ela me deu o passaporte, me concedeu o direito.
De satisfazer o seu desejo.

                                                   Chico Gouveia

quarta-feira, 20 de agosto de 2014


O que teu olhar me diz: Eu não posso dizer.
Mas consigo compreender.
Não é necessário palavras para saber do te desejo
de um beijo preliminar.
Dos carinhos todinhos, dos abraços antes de te amar, amar.
Viajar no teu corpo, como um viajante do sonho,
que busca fantasia em todo lugar, amar.
Teus olhos me convidam, eu já não posso esperar.
Quero te amar, quero viajar,quero ter sonhos,
quando te beijar.
Quero no teu corpo ficar.

                                                    Chico Gouveia.

terça-feira, 19 de agosto de 2014


Está na pele, está na cura...segura,
Presa no olhar, em um olhar qualquer.
Está á disposição ao coração que quiser,
que vier, se curar da solidão,
ter um paixão, uma ilusão qualquer.
Mulher! me agarra,  se esbarra em mim,
Me sufoque com um beijo, deseja o meu fim.
Mas venha aos poucos, traga uns carinhos loucos,
Me estrangule rindo de mim.

                                                              Chico Gouveia

domingo, 17 de agosto de 2014


CÂNTICOS  DE  SALOMÃO

 CAPÍTULO 7

" Que formosos são os teus pés nos sapatos, ó filha do príncipe!
As voltas de tuas coxas são como jóias, trabalhadas por mãos de artistas.
O teu umbigo como uma taça redonda, a que não falta bebida;
o teu ventre como um monte de trigo, cercados de lírios.
Os teus dois peitos como dois filhos gêmeos da gazela.
O teu pescoço com a torre de marfim; os teus olhos como
os viveiros de HESBOM, junto à porta de Bate-Rabim; o teu nariz como
a torre do Líbano, que olha para Damasco.
A tua cabeça sobre ti é como o Monte Carmelo, e os cabelos da tua cabeça
como a púrpura; o rei está preso pelas suas tranças.
Quão formosa, e quão aprazível és, ó amor em delícias.


sábado, 16 de agosto de 2014


Receita de Pudim de Fubá de Milho

4 xícaras de leite     ( xícara de chá)
3 xícaras de açúcar
1 1/2 xícara de fubá mimoso
1 colher de margarina
2 colheres de farinha de trigo
1 colher de fermento em pó
3 ovos
2 colheres de queijo ralado Parmesão

BATER TUDO NO LIQUIDIFICADOR, COLOCAR
EM FORMA UNTADA NO FORNO BEM QUENTE POR 30 MINUTOS

( CHAME A VIZINHA(O) MAIS BONITA(O) DO PRÉDIO E COMA A VONTADE, É UMA
DELÍCIA).

                                                         Chico Gouveia

terça-feira, 12 de agosto de 2014

~
Gene Tierney

Você passou nas telas de cinemas.
Encantou o mundo, com dramas e dilemas.
Se achou no topo da fama, deita numa cama de espinhos.
Orgulho e a vaidade afastam pessoas,
te deixam sozinho.
Passou pela vida, como sinônimo de rara beleza.
Mas Hollywood lhe abandonou.
Sofrida embebida pela vaidade e orgulho,
no álcool, sua vida se acabou.

segunda-feira, 11 de agosto de 2014


Quantas saudades eu tenho!
Por isso aqui venho, te ver.
Ai! como dói o meu coração com a separação.
O meu corpo te deseja, minha boca não beija
se não for os lábios teus.
Ai! Quantas saudades eu tenho,
por isso aqui venho, te implorar.
Volta para os meus braços para minha vida continuar.
Você é uma parte que falta  ao meu corpo,
me sinto um morto, tentando ressuscitar.

quinta-feira, 7 de agosto de 2014


As horas são mornas e demoram a passar. 
Se elas não passam você não vem.
O meu tempo acha graça, também sentado na  praça;
E você não vem, será que o seu tempo parou.
O meu tempo já se passou e quer ir  embora também.

Meu bem não adianta se esconder, eu encontro você.
Onde estiver, em qualquer lugar ou lugar qualquer.
O meu amor tem faro de perdigueiro,
Meu coração, meu companheiro.
Te achará, mesmo que tiver que andar o dia inteiro.
  
                                                             Chico Gouveia

quarta-feira, 6 de agosto de 2014


Ela vem com às sombras da noite, pousa na minha cama.
Como uma mariposa e descansa em meu travesseiro.
Desnuda o corpo inteiro, seus olhos piscam como um vaga-lume.
O lume dos seus lábios me acende, me efervesce.
Alguma parte do meu corpo cresce, ela me toca como violinista,
Pegando uma corda de cada vez deslizando suavemente, 
buscando um acorde, uma melodia...e geme
A sua melodia deslizando o arco de coxas perfeitas.
Os seios coordenam com maestria o caminho para minha boca
Sugar e sugar.
Mas...são apenas delírios da noite, fantasmas da arte de se desejar.
Nada mais que sonhar.

                                                       Chico Gouveia

terça-feira, 5 de agosto de 2014


O que começou um dia acaba.
Quem tem vida da morte  não escapa.
O teu orgulho, sua beleza e a mocidade um dia se esvai.
Quem desprezaste hoje, amanhã não adianta correr atrás.
Vais ficar sozinha, vais ficar sozinha num asilo bem velhinha.
Não adianta arrependimento, é rápido que o tempo passa.
Quando quiseres sorrir a vida já perdeu a graça.

                                                                      Chico Gouveia

A Inquisição do teu olhar,
me condenou a um prisão secular.
Estou preso entre as grades, fazendo alarde querendo escapar.
Eu do outro lado mundo, cativo ao relógio que só tem ponteiros de segundos.
A minha hora contigo nunca chegará.
Enquanto isso teu olhar me castiga, inquisitorialmente que a vida prossiga,
Mas não me cansarei de te olhar.

                                                             Chico Gouveia

segunda-feira, 4 de agosto de 2014


E Deus fez Adão dormir e tirou um par de costelas.
Só elas, não precisou mais de nada.
E aprimorou a ideia: "Fez a mulher"!
Inspirou-se nas flores. Bonitas e delicadas.
Ah! perfumadas. Lindas.
Reproduzem com facilidade, e florescem em qualquer estação.
Dão vida ao ambiente, tem cores vibrantes.
Algumas são venenosas e outras tem espinhos.
 Mas são lindas, depende de como tratá-las.
Deus em sua infinita bondade deu aos homens
um presente inigualável. A Mulher!
Louvado seja Deus. 

sábado, 2 de agosto de 2014


Me deixa, me deixa, eu fazer uma queixa,
Desde teu bronzeado.
Só o sol desfruta do teu corpo.
E eu aqui quase morto, me queimando. Tostado.
Enquanto o sol de banha com cuidado.
Ele me transforma em um frango assado.

                                                   Chico Gouveia


Eu me encanto, com canto do canto da parede.
A sombra do teus encantos me matam de sede.
Como dizia o idiota: Você é o recheio da lingerie que eu pedi.
Mas o pedido não foi aceito e ainda perdi o direito de pedir.
Para te encantar tem que saber encantar serpente.
Assoprando flauta, perdi quase todos os dentes. 

Mas eu me encanto contigo no canto da parede.
Tão perto da fonte e morrendo de sede.
Pertinho dos olhos e longe das intenções.
Será esse canto, o canto de machucar corações. 

                                          Chico Gouveia@