Translate

sábado, 5 de agosto de 2017





FAZ FRIO...

Vem! Vem esquentar a minha alma.
Aquecer meu coração.
Umedecer meus lábios gélidos de solidão.
Meu corpo estremece com o vento frio da desilusão.
Cai neve sobre meus sentimentos e congela a minha paixão.
Vem! Vem esquentar a minha alma.
Aquecer meu coração.
Traga um balde de calma do teu olhar morno,
Trás uma xícara quente de abraços envolventes.
Cola o teu corpo em mim e se esquece
Que lá fora faz frio.
Cobre-me com o teu corpo quente pronto para o carinho.
Cola os teus seios em mim e se esquece
Que faz frio.
Vem! Vem esquentar a minha alma.
Aquecer meu coração.
Mas, com calma até chegar o Verão.

                              Francisco Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário