Translate

domingo, 19 de outubro de 2014


Exílio Afegão

Se quisesses na morna tarde,
De um primavera sufocante,
Acalentarias o indolente retirante,
Com tua sobra aconchegante.

Oh! nuvem passageira encobrindo o sol abrasador,
Com teus braços de algodão,
Saciando com o frescor o árido chão,
Com um abraço amoroso.

Respondendo a um rogo clamoroso,
Daquele que caminha em solo arenoso.
Sobrevivente da Esperança. Ressurreto da fé.
Mais devoto do amanhã do que outro qualquer.

Meca ou Medina, seu guia é Alá,
Destino incerto no mapa do Alcorão.
Sem vontade de ir, sem poder ficar, não há opção,
Tudo vai ficando para trás...até o coração.

                                                                          Chico Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário