Translate

domingo, 23 de março de 2014


MEDO

TENHO MEDO! Tenho medo...
Do Sol se apagar. O ar se acabar.
O mar secar. Não mais chover.
A relva não mais nascer.
Os campos não mais florirem.
As nuvens do céu caírem.
Tenho medo; muito medo.
Das aves e dos animais se extinguirem.
De acabar a água, de não tem mais alimento.
Tenho medo da dor e sofrimento.
De não haver mais cura das enfermidades.
Tenho medo do campo e da cidade. 
De abrir a janela, da bala perdida,
Atravessar a avenida.
Medo da anarquia, da revolução e da guerra.
Medo da poluição e da população.
Medo do escuro do universo e da rotação da Terra.
Medo da vida e da morte. 
Muito mais medo mim, pois posso ser bom e ruim.

                                  Chico Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário