Translate

sábado, 15 de março de 2014


AINDA ME RECORDO...
FOI NUMA NOITE DE DEZEMBRO,
ELA BATEU NA PORTA DO MEU CORAÇÃO.
E, ANTES QUE EU ABRISSE
ELA ENTROU; NEM PUDE DIZER NÃO.

TROUXE NOS LÁBIOS VENENO.
ME SENTI PEQUENO,
NA PRIMEIRA VEZ QUE ME BEIJOU.
UM ABRAÇO QUENTE, COM CARINHOS ENVOLVENTES. 
MEU CORAÇÃO EM PAIXÃO EFERVESCENTE
QUASE SE DESMANCHOU.

FOI UM SONHO!
FIQUEI TRISTE POR MINHA DOCE AMADA,
DO MESMO JEITO QUE CHEGOU
REPENTINAMENTE;
PARTIU DE MADRUGADA
SEM DIZER NADA.
NUNCA MAIS VOLTOU.

                                                                                   Chico Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário