Translate

sexta-feira, 14 de março de 2014


A Rosa vermelha que está não mão dela,
Eu que lhe dei, atirando-a pelo para-peito da janela.
Foi assim como se meu coração
se atirasse aos braços dela.

Nenhum comentário:

Postar um comentário