Translate

sexta-feira, 11 de março de 2016


DOCE


A saudade não é uma caixa de doces...
Mas o destino me trouxe uma para que eu pudesse degustar.
Com sabor de solidão e desilusão para eu  experimentar.
Junto com uma carta da amada dizendo: " Que nunca mais iria voltar".
Que sadismo do destino que gosta de magoar.
Comendo doces amargos com lágrimas para caramelizar. 
No formato de coração, até o meu coração se consolar.

                                       Francisco Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário