Translate

quinta-feira, 14 de janeiro de 2016




MEU CORAÇÃO

O meu amor é uma casa sem porta, 
Quem se importa com que vai entrar.
Desde que traga um pouco de carinho pode entrar,
E se quiser pode ficar.

Ela entrou, trouxe doces carinhos e ficou,
Pediu para se casar e casou.
Mas como a casa não tinha porta.
Ela saiu e nunca mais voltou.

Mas por causa da ingratidão dela,
Na casa coloquei portas e janelas.
Fiquei preso por dentro,
E nunca mais ninguém entrou nela.

                                                               Francisco Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário