Translate

quinta-feira, 17 de dezembro de 2015


EU  JURO

Minha rosa é selvagem toda cheia de espinhos.
Se me encosto me furo.
Se passo a mão me arranha.

A mais bela e a mais preciosa para mim,
Sua pétalas são sedosas de um vivo carmim.
Para alcançar sua beleza tem os espinho no caminho.

Já decidi! Não importa a profundidade do furo,
Ou o tamanho do arranhão.
Por Deus eu juro!
Vou guardar esta rosa junto ao meu coração.

                                                                                         Francisco Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário