Translate

segunda-feira, 31 de agosto de 2015



O meu relógio parou, minha vida estancou, 
Só quer andar para trás.
Felicidade não tenho mais, meu amor foi embora disse que não volta mais.
A solidão bateu à porta na casa de uma vida semi-morta,
Nada mais me importa.

O meu relógio parou minha vida estancou,
Mas ainda tenho forças para olhar através da janela,
E imaginar o azul dos olhos dela.
Quem sabe ela se arrepende e volta, estarei aqui esperando por ela.

                       Francisco Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário