Translate

sábado, 21 de março de 2015



Dama de vermelho,  olhe ao redor e veja,
Como a Natureza te beija cheia de desejo,
Cheia de paixão.
Dama de vermelho mas você é minha,
Minha de coração
Esqueça a Natureza, porque hoje quem te beija:
Sou eu.

A tua beleza faz ciúmes, não ouça queixumes
da inveja do mundo.
Nem por um segundo te deixarei à mercê 
dos que te querem te ver, infeliz por despeito.
Por ti tenho respeito e dedicação,
pois a você dei meu coração.

                                  Chico Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário