Translate

segunda-feira, 23 de junho de 2014


No rosto um sorriso, na cabeça muita malícia,
Não se precisa de palavras,
Seus carinhos ao cair da alva,
Entorpecem o meu corpo, que a ela pede calma.
Quero amar, quero amor,
Quero que o dia nunca mais acabe.
Quero estar onde ela for.
Quero a flor que ela esconde
que  disse que ia dar para mim.
Quero ser a sua segunda pele, quero ela colada em mim.

                                                      Chico Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário