Translate

segunda-feira, 14 de abril de 2014


Só, estou tão só...
Os dias passam, como passam as nuvens do céu.
Só, somente só, solidão as marcas do meu coração.
 São só, como vento que anda, rodeia e desanda só.
O meu caminho é o caminho do vento.
vou aonde quero, por onde quero...
Mas estou só.
Só eu não quero.
Espero encontrar alguém, também... só.

Chico  Gouveia

Nenhum comentário:

Postar um comentário