Translate

sábado, 26 de abril de 2014


ME LEVE PARA CASA ESTE FIM DE SEMANA.
FAÇA CHUVA OU SOL,
NÃO ME RETIRE DA CAMA.
PODE ME MATAR DE PREGUIÇA
OU FINGIR QUE ME AMA.
MEU BANHO EU QUERO DE LÍNGUA,
ROUPAS NÃO QUERO VESTIR,
POIS DA TUA CAMA NÃO PRETENDO SAIR.
ME ALIMENTO DOS TEUS SEIOS
NÃO TENHA RECEIO, NÃO VOU MORDER.
NO TEU QUARTO EU PASSEIO
GALOPANDO EM TUAS ANCAS,
FAÇO DE TI MINHA POTRANCA.
FAREMOS NESTA CAMA UM RODEIO,
DEITADO EM TI, BEM NO MEIO.
ATÉ A SEGUNDA-FEIRA CHEGAR
SEMPRE QUERENDO SER O PRIMEIRO A TE AMAR.

    Chico Gouveia 

Nenhum comentário:

Postar um comentário